Nascer de novo.

A nobre, difícil e instigante missão que é renascer.

Acredito que não tenha situação mais nobre, difícil e instigante, que a de um renascimento. Quando pensamos em renascimento, logo entendemos que uma vida já existente, está passando por um processo de nascer de novo. Isso é fato. Mas o que muitas vezes não imaginamos, é que essa ação de reinício, de se reinventar, recriar, não é tão simples assim, nada fácil e muito menos rápida.

Renascer é um processo, e como todo processo, existem etapas, fases, conflitos, angústias, esperanças, tristezas e alegrias.

Eu que não sou filósofo, muito menos Doutor em conhecimentos, por estar passando por um momento desses, passei a refletir sobre esse processo, e encontrei três adjetivos que me fez entender melhor essa fase da vida.

Renascer é um ato nobre, por ser uma situação de grande importância, uma atitude digna daquele(a) que se permite recomeçar. É um processo difícil, pois requer dedicação, perseverança e muito foco para a realização dos objetivos desejados e para que não haja desistência no decorrer da caminhada. E é muito instigante, por conter naturalmente o desejo de mudanças, que proporcionarão bem estar, alegrias e orgulho em saber que em vida, uma nova vida foi gerada.

Desejo coragem para aqueles que estão vivendo esse momento. Deixo aqui a dica para quem tem ou sente essa necessidade em renascer que não tenha medo, e dou os meus parabéns para todos que já passaram por essa etapa, saibam que vocês são vitoriosos, são a minha inspiração.

OBS: o lado espiritual ajuda muito, no meu caso ele está sendo fundamental.

“Sei não sei que confusão pirei, no momento eu to perdido mas me encontrarei, gosto da responsa, assumo a minha bronca, maluco que não apronta o que me afronta eu dou conta.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *